Em entrevista à Forbes, Mandy Teefey fala sobre Selena Gomez e sua carreira

Postagem por: Rebeca Gois
26.10.2018
Categorias: Notícias

Em recente entrevista à renomada revista Forbes, Mandy Teefey, mãe de Selena Gomez, compartilhou uma série de conselhos sobre carreira e também falou sobre sua relação com a filha, de quem já foi empresária e com quem divide os direitos de uma das séries de maior sucesso da Netflix, 13 Reasons Why. Confira a tradução da entrevista na íntegra:

Uma coisa sobre Mandy Teefey, ela nunca parou de insistir – apesar de sua difícil criação. Crescer em Grand Prairie, Texas, onde gangues criminosas, gravidez na adolescência e overdose de drogas não eram incomuns, ela manteve seu foco. Impulsionada por sua paixão por contar histórias e o nascimento de sua filha, Selena Gomez – sim, essa Selena Gomez – seu espírito energético deu partida.

Tendo Gomez em sua adolescência, Teefey trabalhou em vários empregos para fazer fundos e manter vivo seu sonho de ir para Hollywood. Ela começou trabalhando em festivais de cinemas locais, tentando conseguir uma educação, tudo isso enquanto era uma mãe, ajudando Gomez a perseguir seus sonhos de se tornar uma atriz.

“Eu queria assegurar que ela teria todas as oportunidades e que eu dei apoio à Selena como a mãe de seus sonhos”.

Seu firme suporte e seu trabalho árduo como mãe e empresária de Gomez ajudaram a estabelecer a contínua presença de sua filha na A-List de Hollywood, enquanto construía sua própria carreira dinâmica em Tinseltown. Teefey, a produtora executiva da famosa série da Netflix, “Thirteen Reasons Why”, completou mais do que possível e ela só está começando.

Sua jornada para Hollywood não foi fácil ou convencional, mas ela nunca parou de tentar dominar seus erros. Aqui estão as importantes e poderosas lições aprendidas por ela que podem ser adicionadas à caixas de ferramentas da carreira de qualquer um.

Aprenda Todos os Papéis

As experiências da vida de Teefey, juntas de sua ética no serviço, foram o que deram à ela uma vantagem nas suas histórias, as quais a enviaram de ultimato para as grandes ligas – Hollywood.

“Eu construí minha jornada absolutamente do nada, e eu estava em cada função que você possivelmente pode estar, exceto executiva de estúdio”, disse Teefey. Eu fiz pós-operação, pós-gestão, e daí eu comecei minha companhia de produção consultando diversas pessoas sobre como começar suas próprias companhias [em minha cidade natal].”

Eventualmente, sua curiosidade e trabalho duro valeram a pena – ela foi de limpeza dos chãos para chamadas das gravações. Deram a ela a oportunidade de produzir seu primeiro comercial para um time de baseball com uma verba de $5,000. Ela avançou para produzir mais de 60 comerciais e clipes – ela considerava que lidava fácil com produção, mas sabia que ir para Hollywood seria um jogo diferente.

Tenha uma grande fé

Em 2009, Gomez e Teefey tiveram a oportunidade de suas vidas. Com somente $2.47 em sua conta bancária, Gomez foi descoberta em uma seleção nacional para o Disney Channel e a dupla se mudou para Los Angeles.

Como Gomez ficou experiente o suficiente para lidar com seu trabalho, Teefey abriu mão de ser sua empresária. Com mais tempo para focar em sua carreira, Teefey voltou aos seus antigos sonhos. Ela reabriu sua produtora sob um novo nome, Kicked To The Curb, e conseguiu seu primeiro roteiro em 2010 – o livro que virou a série de sucesso da Netflix, “Thirteen Reasons Why”. Sem surpreender Teefey, sua equipe foi recebida com uma resposta negativa, o que fez o desenvolvimento estagnar por quase uma década.

“Nós estávamos romantizado o suicídio e nos envergonharam. Éramos apenas pessoas de Hollywood tentando fazer os jovens se matarem”, comentários negativos que Teefey relembra receber sobre a série. Ultrapassando as críticas, Teefey tomou fé. Ela desejou o poder de contar uma boa história em conjunto com fatos não discutidos sobre suicídio de adolescentes e saúde mental, isso passaria a mensagem com responsabilidade.

“Nossos filhos estão sob muita pressão atualmente com mídias sociais, tentando ter carreiras desde cedo e alguns sofrendo bullying, é de partir o coração… Como nós vamos afetar essas pessoas assim e como eles não vêem isso? Eles precisam [de um programa] sem isso ser algo sem fundamentos, um momento cinematográfico lindo.”

Sempre siga seus instintos

Apesar de vários trabalhos, Teefey teve uma coisa que sempre seguiu – seus instintos, os quais ela testou quando eles a fizeram ser a empresária de Gomez.

“Nós encontramos várias pessoas fazendo coisas que não achamos que estavam certas e eles subestimaram meus instintos”, disse Teefey. “Eu tomei várias decisões com minha intuição e se eu não faço isso, geralmente elas saem pela culatra”.

Sua intuição acurada a levaram a não somente aprender os pontos positivos e negativos dos programas, seu conhecimento passaram adiante para sua filha.

Cada projeto em que Teefey participa, ela está aprendendo e crescendo. Com a terceira temporada de “Thirteen Reasons Why” em desenvolvimento, Teefey está molhando seus pés trabalho em um documentário sobre natureza e desenvolvimento, onde ele fala sobre ela ser adotada.

“Estou tentado diversificar meu conteúdo e escrever sobre diferentes tópicos, como natureza e desenvolvimento. É sobre a história de minha vida até Hollywood, e o que eu descobri sobre minha família me colocando para adoção enquanto incorporar a ciência que pode ser descoberta através da natureza e o desenvolvimento.

Eu estou usando minha história como um catalisador para uma imagem maior”.

Tradução e adaptação: Equipe Selena Gomez Brasil

Nome: Selena Gomez Brasil (SGBR)
Desde: 21 de Setembro de 2008
Webmiss: Érika Barros
Co-webmaster: Samuel Rodrigues
Design & programação: Dieux Design & Luana Machado
Entre em contato com nosso site