Postagem por: Rebeca Gois
18.08.2020

Eu vou escrever esse post só pra cumprir tabela, porque não é possível que à essa altura do campeonato você nunca tenha ouvido falar das meninas mais populares do cenário k-pop (e a-pop também).

+ SELENA GOMEZ ANUNCIA COLABORAÇÃO COM BLACKPINK

O grupo é formado por quatro mulheres extremamente talentosas: Jennie, Rosé, Lisa e Jisoo, cada uma com uma característica predominante, que acaba complementando uma à outra, para formar o girlgroup perfection que a gente conhece hoje.

Apesar de parecer que são novinhas no mercado, o BLACKPINK foi formado em agosto de 2016 pela YG Entertainment, que, além de gravadora também é uma agência de talentos, e descobriu as garotas há quase 10 anos! Uma curiosidade sobre o k-pop é que, lá na Coreia do Sul, essa é uma indústria muito organizada e profissional: antes de se tornarem membros de algum grupo, os artistas são treinados durante ANOS para ter as habilidades necessárias para entregar qualidade em tudo o que fazem.

Apesar de serem lindas, o BLACKPINK nasceu com o intuito de quebrar conceitos que as pessoas associam ao rosa, como o ser feminino e delicado. O rosa também é força, determinação e talento, não é à toa que BLACKPINK IS THE REVOLUTION (em português: BLACKPINK é a revolução).

CONHEÇA AS MENINAS:

………………………………………………………………………

JENNIE

Jennie Kim GIFs - Get the best GIF on GIPHY

Kim Jennie nasceu em 16 de janeiro de 1996, na cidade de Anyang, na Coreia do Sul, e foi a primeira participante do grupo a ser revelada. Ela treinou por 5 anos e 11 meses antes de fazer parte do BLACKPINK. Ela é rapper e uma das vocalistas do grupo.

Curiosidades sobre a Jennie:
• Ela sabe tocar violão, guitarra, piano e flauta.
• Além de coreano, é fluente também em inglês e japonês.
• É a única integrante do grupo a ter uma música em carreira solo.

Como distinguir a Jennie das outras participantes?
A Jennie é uma das meninas que menos muda o cabelo, apesar de ter ditado tendência no clipe de ‘How You Like That’ com mechas platinadas na frente, ela sempre mantem o cabelo castanho escuro e comprido 🙃

Quer ouvir melhor a Jennie?
Ouça a música SOLO, de sua carreira fora do grupo:

https://open.spotify.com/track/2XIaetAZTyR7oQfHh8DZ2B?si=9N0A1CX7RJivbkJzlc1dwg


Separei uma fancam para você ver melhor as habilidades da Jennie:

………………………………………………………………………

ROSÉ

Pin de tay em blackpink gifs em 2020 | Wattpad, Blakpink, Lalisa

Rosé é a vocalista principal do grupo. E aqui vai um fato curioso: ela nasceu em Auckland, na Nova Zelândia, no dia 11 de fevereiro de 1997, e viveu a maior parte da vida na Austrália. Rosé foi para a Coreia em 2012, quando começou a ser treinada (4 anos e 2 meses antes de debutar no grupo).

Curiosidades sobre a Rosé:
• Ela sabe tocar violão, guitarra e piano.
• Na Austrália, Rosé era líder de torcida
• Ela tem dois nomes: Roseanne Park, em inglês, e Park Chaeyoung, em coreano.

Como distinguir a Rosé das outras participantes?
Rosé é um ícone fashion. Durante muito tempo usou o cabelo na tonalidade rosé gold. Para se familiarizar mais com ela, assista os vídeos mais antigos, como ‘Playing With Fire’. Depois vai ficando mais fácil 😉

Ouça melhor a voz da Rosé na música STAY:

https://open.spotify.com/track/4TWHREp4wv0TmewqR6rgRd?si=dtc9uFSJQUWjxFMUKZI79w

Também selecionei uma fancam para você ver melhor a Rosé em cena:

………………………………………………………………………

LISA

kpop, gif, jisoo and red velvet - image #7054472 on Favim.com

Lalisa Manoban nasceu em 27 de março de 1997. É a mais novinha do quarteto e, assim como a Rosé, não é coreana! Lisa é a única tailandesa do grupo e sempre foi uma ótima dançarina, por isso é a dançarina principal do grupo. Mas ela também manda muito bem nos raps!

Curiosidades sobre a Lisa:
• Seu nome original era Pranpriya – ela mudou depois de visitar uma vidente.
• Lisa fala coreano, japonês, inglês e tailandês.
• Ela também foi mentora do “Idol Producer”, um programa de talentos da TV chinesa.

Como distinguir a Lisa das outras participantes?
A Lisa é uma super fã de franjas. Essa é sua marca principal. Tanto é que sua franja virou um dos cortes de cabelo mais procurados na China 😋

Nem só de dança vive a Lisa.
Veja ela mandando ver no rap em REALLY:

https://open.spotify.com/track/6OKXcx7tClGAS0o2cOTl2v?si=w5BmQRaFR5KN9lY8UizxxA

Nessa fancam você consegue ver melhor o talento da Lisa:

………………………………………………………………………

JISOO

Best Jisoo Hot GIFs | Gfycat

Kim Jisoo é uma das vocalistas do grupo – na humilde opinião desta adm, a voz mais marcante e estável do grupo. Ela nasceu em 3 de janeiro de 1995, em Seul, na Coreia do Sul, e é a mais velha entre as meninas. Jisoo já trabalhou como atriz em alguns dramas coreanos.

Curiosidades sobre a Jisoo:
• Ela AMA o Pikachu e sabe imitar perfeitamente o personagem.
• Jisoo é muito engraçadinha. Os fãs costumam ver a cantora no fundo de vídeos fazendo gracinhas e tentando não ser pega em vídeo.
• Apesar de falar pouco inglês, ela é fluente em coreano, chinês e japonês!

Como distinguir a Jisoo das outras participantes?
Se você não conseguir reparar sozinho quem é a Jisoo, repare no formato da boca dela que é bem desenhadinha 😊

Ouça melhor a voz marcante da Jisoo em WHISTLE:

https://open.spotify.com/track/7HWmJ1wBecOAMNGjC6SmKE?si=D0Sv4Y7oT0OG3kv4lKNyyg

Aqui nessa fancam você pode ver melhor as habilidades dessa joia bruta:

E se você caiu nesse post de paraquedas e não conhece a carreira de Selena Gomez, deixa eu te apresentar ela rapidinho!

QUEM É SELENA GOMEZ?

Gifs Imagines - Selena Gomez (.2.) - Wattpad

Selena é uma cantora, atriz, produtora, filantropa e empresária norte americana. Ela nasceu em Grand Prairie, no Texas, no dia 22 de julho de 1992. Iniciou a carreira como atriz, quando tinha apenas 8 anos e daí em diante só cresceu.
Além de ser vencedora de um Emmy Awards por sua série “Os Feiticeiros de Waverly Place”, Selena também tem uma carreira de sucesso como cantora: todos os seus álbuns solo estrearam em #1 na Billboard 200; acumula mais de 11,8 BILHÕES de streams no Spotify – a sétima maior artista feminina da plataforma e conquistou seu #1 na Billboard Hot 100.

Curiosidades sobre a Selena:
• Selena tem lúpus, uma doença autoimune – onde as células de defesa atacam o próprio corpo. Por isso, precisou passar por um transplante de rim, em 2017.
• A cantora é apaixonada por causas sociais: é embaixadora da Unicef desde os 16 anos e ajuda em diversos projetos, como a construção e escolas para meninas em Gana.
• Selena AMA ‘Friends’ e é uma das melhores amigas de Jen Aniston, protagonista da série.

Vou deixar aqui o clipe da carreira (recente, porque o melhor mesmo é ‘Come And Get It‘), pra você se familiarizar um pouco mais com a Selena:

Agora que você conhece um pouco melhor as meninas do BLACKPINK, podem curtir melhor a colaboração SELPINK, que vem aí dia 28 de agosto!

E se preparem que o SGBR também separou algumas surpresas pra vocês. Fiquem ligados e se preparem para sexta-feira!

Postagem por: Julia Brum
11.08.2020

Após muitos rumores e semanas de espera, a YG Entertainment, gravadora do BLACKPINK, anunciou nesta terça, dia 11 de agosto, uma colaboração do grupo com Selena Gomez! A canção será lançada dia 28 de agosto e servirá como o lead single do primeiro álbum da girlgroup, denominado “THE ALBUM”.

Enorme sucesso mundial e com uma legião de fãs, BLACKPINK é um grupo feminino coreano que estreou há 4 anos. Um fenômeno instantâneo e sendo considerado um dos maiores girlgroups da última década, o grupo acumula vários recordes em sua carreira, incluindo com a sua música mais recente, “How You Like That” e sua colaboração com Lady Gaga, “Sour Candy“.

Após o anúncio, Selena compartilhou a empolgação de estar no novo disco da girlgroup em seu Twitter. Confira:

“Muito ANIMADA em anunciar que a BLACKPINK e eu iremos lançar uma música juntas no dia 28 de agosto. Você consegue fazer um pré-save dela clicando neste link”

A gravadora do grupo também se pronunciou sobre a colaboração;

“O sonho das artistas, que compartilhavam uma conexão musical de longa data como fãs uma da outra, finalmente se tornou realidade. BLACKPINK expressou sua gratidão a Selena Gomez e estão muito felizes que os fãs poderão ouvir a música em breve.”

Tradução via @portalblackpink.

Além disso, produtores já falaram sobre a existência de um videoclipe com participação do grupo e de Selena Gomez:

Em menos de 10 minutos, BLACKPINK e Selena já entraram entre os assuntos mais comentados do Twitter, com todos comentando sobre a aguardada colaboração.

Você já pode se preparar para SELPINK entrar na sua área fazendo pré-save da canção clicando neste link e doando para a vaquinha online criada pelos Blinks para compra da música em solo americano.

Texto e Tradução: Selena Gomez Brasil

Postagem por: Matheus Albuquerque
03.08.2020

Em parceria com a loja Glam Music, o Selena Gomez Brasil irá sortear 1 cópia física do single Naturally. Para participar é simples, basta seguir os passos abaixo:

1 – Siga @selenagomezbrasil e @glammusic no Instagram;

2 – Marque dois amigos nos comentários do post oficial;

3 – Torcer!

REGULAMENTO:
1. Essa promoção é de cunho integralmente recreativo e não tem qualquer custo para seus participantes;
2. Período de participação compreende das 18h do dia 3 de Agosto de 2020 até às 19h55 (horário de Brasília-DF) do dia 28 de Agosto – o resultado será divulgado ao vivo em nosso Instagram após às 20h do dia 28 de Agosto.
3. É obrigatório que o participante esteja seguindo as contas @selenagomezbrasil e @glammusic no Instagram e marque 2 amigos nos comentários;
4. Para participar é necessário possuir perfil ativo e válido. Perfis criados apenas para participar da promoção não serão aceitos;
5. O prêmio consiste em:
● 1º sorteado: 1 CD single físico de Naturally;
6. A entrega do prêmio é de responsabilidade da loja Glam Music que se reserva ao direito de enviar o prêmio em um prazo de até 30 dias úteis após o anúncio do vencedor;
7. Os vencedores serão determinados por sorteio através de ferramenta a ser divulgada. Após o primeiro contato, o vencedor terá dois dias úteis para retornar com todos os dados necessários e solicitados. O Selena Gomez Brasil e a loja Glam Music se reservam no direito de verificar a veracidade dos dados do participante e, em caso de não cumprimento de alguma regra, desclassificar sem aviso prévio.
8. Essa promoção é válida somente para entrega em território brasileiro;
9. É expressamente proibida a participação de membros da equipe Selena Gomez Brasil e da loja Glam Music.

Categorias: Destaque; Notícias
Postagem por: Julia Brum
22.07.2020

Após Selena Gomez e a Rare Beauty anunciarem o “Rare Impact Fund”, a Forbes fez uma matéria sobre o assunto, explicando o que é e como irá funcionar o ato filantropo. Confira a entrevista traduzida:

Se você é um dos 1 em cada 5 adultos com transtornos relacionados a saúde mental nos Estados Unidos, mesmo em 2020, tendo um diagnóstico ou indo ao tratamento pode parecer isolado, vergonhoso e estigmatizante. A Dra. Jane Delgado, presidente e CEO da Aliança Nacional para a Saúde Hispânica, explica: “A questão do estigma continua enorme. Há um estigma no reconhecimento do problema, um estigma que obriga as pessoas a tentar resolver por si próprio, estigma para procurar ajuda profissional e estigma quando você começar a tomar o medicamento.” Talvez seja por isso que quase 1/3 dos americanos tenha expressado preocupação com os outros julgando-os por receber tratamentos relacionados a saúde mental, e menos da metade das pessoas que têm diagnóstico recebem o tratamento de que precisam. Mas tudo isso pode ser diferente se considerarmos a saúde mental como algo comum, o mesmo que ter qualquer condição de saúde física ou, francamente, normal.

Uma maneira de chegar lá é com a ajuda da auto-divulgação e defesa de pessoas conhecidas e respeitadas por outras pessoas. Quando as celebridades compartilham suas próprias histórias de saúde mental, não é apenas mais uma manchete, ela tem um impacto real e positivo. De repente, os fãs podem se sentir menos sozinhos porque tiveram as mesmas lutas, ou podem se sentir mais seguros em procurar tratamento porque essa pessoa fez. Foi exatamente o que aconteceu quando Selena Gomez contou a Miley Cyrus em seu Instagram show, “Bright Minded‘, sobre seu diagnóstico bipolar em abril. Esta missão se completou hoje, em seu aniversário de 28 anos, quando Gomez anunciou o Rare Impact Fund. Ela arrecadará 100 milhões de dólares nos próximos dez anos para ajudar a solucionar as lacunas nos serviços de saúde mental, particularmente para comunidades carentes. Para atingir esse objetivo, um por cento de todas as vendas dos produtos da Rare Beauty, sua marca de beleza, e os recursos arrecadados de seus parceiros, serão direcionados para o fundo. Quando o fundo atingir 100 milhões de dólares, será um dos maiores fundos conhecidos em apoio à saúde mental de uma entidade corporativa.

Gomez explica que quando ela começou sua empresa, a Rare Beauty, era importante que houvesse uma mensagem por trás disso. Ela achava que, como sociedade, somos regularmente bombardeados com imagens que “fazem as pessoas se sentirem menos ou com a necessidade de alcançar uma perfeição, o que é absolutamente inatingível”. Ela sabia que a saúde mental estaria como lema de sua missão, em parte porque: “Fui aberta sobre as minhas próprias lutas pessoais relacionadas a saúde mental e me senti afetada por me sentir inferior. Após me abrir sobre o assunto, ouvi muitos jovens, ao longo dos anos, lutando também, e isso é algo muito próximo do meu coração.” Em outras palavras, sua história inspirou outras pessoas a compartilhar suas verdades, derrubando barreiras, estigmas e disponibilidades para conversas. Iniciar o fundo é realmente apenas o próximo passo.

Na saúde mental, esse tipo de financiamento é especialmente crítico. A Dra. Christine Moutier, diretora médica da Fundação Americana para Prevenção do Suicídio, explica que o investimento federal em saúde mental é “uma quantia desproporcionalmente minúscula”, mas há evidências claras de que o investimento em alfabetização, pesquisa e programas em saúde mental funciona e leva melhorar a saúde física, os resultados no local de trabalho e os relacionamentos. No entanto, como observa o Dr. Moutier, “ainda não conseguimos nosso investimento federal como nação. Nós chegaremos lá, no entanto, através de esforços de defesa e conscientização, como a organização de Selena está fazendo.”

Fora do estigma, o sistema de saúde mental ainda tem outras barreiras – como custo e acesso. Dr. Scott Rauch, psiquiatra-chefe do Hospital McLean, diz que “a capacidade do sistema de saúde é insuficiente para fornecer serviços psiquiátricos. De crianças a idosos, e em todos os tipos de doenças psiquiátricas, desde depressão e ansiedade, distúrbios psicóticos, distúrbios de uso de substâncias e condições relacionadas a trauma, precisamos aumentar esses serviços. ” Essas necessidades são amplificadas apenas em populações carentes. A Dra. Delgado destaca que a clínica de língua espanhola da UCLA luta para atender à demanda há 40 anos, e um programa da cidade de Nova York chamado Life is Precious, que trabalha com garotas hispânicas, que ela nota ter as maiores taxas de tentativas de suicídio, perdeu seu financiamento devido à demanda do Covid-19. Ela acrescenta: “Claro que há estigma, mas mesmo quando as pessoas querem ajuda, há muito poucas opções”.

Nesse ponto, Gomez diz: “O simples fato de existirem comunidades ‘mal atendidas’ é um problema. Existem pessoas que não têm acesso adequado à Internet para começar a encontrar ajuda, muito menos poder pagar recursos ou o preço de quaisquer medicamentos que possam ser necessários. Todos devem ter acesso a recursos adequados de saúde mental, bem como a cuidados médicos em geral.”

O fundo Rare Impact visa adicionalmente “combater a epidemia de solidão crônica”, que só se tornou maior durante o Covid-19. Gomez explica: “Acredito que através desse distanciamento social e pandêmico, todos aprendemos a importância do contato real e da conexão humana. Todos somos culpados de gastar muito tempo em nossos telefones, seguindo a vida de outras pessoas – metade do tempo são pessoas que nem conhecemos e achamos que a vida delas é perfeita e que estamos perdendo alguma coisa. Eu acho que leva as pessoas a se sentirem sozinhas.” Talvez, mesmo quando pareçam muito conectados, seja por isso que os jovens de 18 a 22 anos sejam a “geração mais solitária”. O Dr. Rauch diz que os desafios da pandemia foram amplificados apenas pelas muitas interrupções em nossos “relacionamentos e rotinas e pelas maneiras pelas quais nos separamos de nossos colegas, amigos e familiares”. Ele sente que, quando nos deparamos com perda, trauma, estresse ou sofrimento, os sistemas de apoio são críticos. Moutier ressalta: “Nós, humanos, prosperamos melhor quando nos sentimos conectados aos outros”.

Uma das maneiras pelas quais a Rare Beauty já está trabalhando nisso, é a realização semanal de “Rare Chats” via Zoom para pessoas da “comunidade Rare” se conhecerem melhor. Gomez os descreve como “um espaço muito íntimo e seguro, onde as pessoas podem ser vulneráveis ​​e sabem que há outras pessoas por aí se sentindo da mesma maneira ou apenas fazendo com que as pessoas tenham alguém para coloca-las para cima”. Ela os chama de “incríveis e inspiradores”. Essas idéias de conexão só aumentarão com a ajuda do fundo, que espera criar mais ferramentas, recursos e suporte mútuo – online e offline. O que o fundo será guiado, em parte, pelo “Conselho de Saúde Mental da Rare Beauty”. O Dr. Rauch e o Dr. Delgado são membros, juntamente com o Dr. Marc Brackett, que é o diretor fundador do “Centro de Inteligência Emocional de Yale” e professor do “Centro de Estudos da Criança da Escola de Medicina de Yale”, além de outros consultores especializados das principais universidades, organizações e empresas focadas em saúde mental, a serem anunciadas posteriormente.

Por fim, não há momento melhor do que o presente para iluminar a conversa sobre saúde mental, especialmente porque o Covid-19 colocou em foco o quão comuns são as lutas relacionadas ao assunto. Gomez acredita que “trouxe à tona quantas pessoas estão lutando com depressão, ansiedade e outras condições de saúde mental – e, ao mesmo tempo, expôs quantas não têm acesso a recursos adequados ou não sabem por onde começar.” Dr. Moutier explica: “O Covid-19 definitivamente foi outro momento decisivo para o diálogo sobre saúde mental, onde todas as pessoas estão envolvidas no tópico estresse, incerteza e medos em muitos níveis. E as pessoas com experiência vivida de lutas em saúde mental estão falando sobre como elas realmente se sentem mais vistas e compreendidas do que nunca, então esse é um aspecto positivo ”.

Um pensamento positivo que tem a esperança de continuar muito depois da pandemia, por causa de pessoas como Selena Gomez. Ela falando sobre sua própria saúde mental, tirando a conversa da escuridão e agora, investindo nela, salvará vidas.

Ela diz: “Adoro a palavra” raro “e quero que todos encontrem o poder no que os torna raros. Todos nós precisamos abraçar nossa singularidade, parar de nos comparar com os outros e nos amar mais. ”

É justo que a senhorita Gomez goste tanto da palavra, porque seus cuidados com a saúde mental e o desejo de mudança é exatamente isso: Raro.

Fonte: Forbes

Tradução e adaptação: Selena Gomez Brasil

Postagem por: Rebeca Gois
10.07.2020

Quem nunca se apaixonou mais por um cover que pela música original, que atire a primeira pedra! Aqui no SGBR sempre comentamos como as músicas da Selena são tão perfeitas para o timbre dela e como isso dificulta encontrar covers realmente bons de suas músicas.

Mas, nenhuma luta é em vão. Na #ColunaSGBR de hoje, em comemoração aos 6 meses de lançamento do “Rare”, vamos apresentar alguns covers das músicas do álbum que a gente não sabia que precisava até ouvir pela primeira vez – e alguns feitos por fãs, porque a gente sabe valorizar o talento da selenation.

Confira nossa lista (sem uma ordem específica):

#1 – “Rare”, por Vardaan Arora.

A releitura do artista trouxe a faixa-título do álbum em uma vibe inspirada no estilo sonoro dos anos 1980 – e, para nossa surpresa, ficou simplesmente PERFEITA.

“Obviamente, sou fã do último álbum de Selena Gomez, é um registro pop fantástico, mas a faixa-título liricamente realmente ressoou comigo. O conceito de se sentir especial, perceber o seu valor e o que você traz para a mesa é algo que eu poderia usar mais na minha vida.” Vardaan acrescentou que a música parecia “certa” para fazer um cover, porque foi co-escrita pelo compositor Leland, que é gay, assim como ele.

#2 – “Lose You To Love Me”, por Bombay Bicycle Club

A banda londrina de indie rock e indie folk lançou uma linda versão para o hit #1 ‘Lose You To Love Me’, em uma participação na conceituada BBC Radio 1 Live Lounge.

#3 – “Souvenir”, por Nina Schofield.

Selenator assumida, a coach vocal que faz reacts em seu canal, se apaixonou por ‘Souvenir’ e decidiu gravar uma versão caseira em seu teclado. Resultado? MARAVILHOSO.

#4 – “Rare”, por Ni/Co.

“Rare” não é o primeiro e nem o último cover de Selena feito pelo duo Ni/Co, especialista em releituras apaixonantes de músicas de outros artistas em seu canal. Já imaginaram Rare como um dueto e em outro arranjo? Esse é o resultado!

#5 – “Feel Me”, por Josh Rabenold.

Cantor e compositor de grandes sucessos para nomes como Shawn Mendes e One Direction, Josh amou “Feel Me” e realizou um cover minimalista da canção. E, apesar de estar em uma voz masculina, o resultado ficou lindo!

#6 – “Vulnerable”, por Milo Doval.

Já pensou em uma versão em espanhol de “Vulnerable”? O Fã Milo Doval pensou, adaptou a música e gravou sua versão, que, sinceramente, o SGBR achou que ficou uma gracinha!

#7 – “Ring”, por Shelley Mill.

Mais uma releitura caseira, porém maravilhosa, “Ring” ganhou uma versão própria na voz da cantora Shelley Mill.

#8 – “Let Me Get Me”, por KHS & Shannon K.

E o que dizer desse cover incrivelmente criativo feito pela dupla KHS & Shannon K? Simplesmente maravilhoso!

#9 – “Crowded Room”, por Annelyse DeMuch.

E o que dizer dessa versão acústica curtinha de “Crowded Room” feita por essa fã? Imagina a Selena fazendo uma apresentação ao vivo assim!

#10 – “Kinda Crazy (Acoustic)”, por Katia Zuccarelli.

Já a fã e cantora Katia Zuccarelli mostrou seu talento fazendo um cover acústico de “Kinda Crazy” – e não apenas essa, ela se dedicou e postou covers de todas as outras músicas do “Rare”. Vale a pena conferir!

#11 – “Lose You To Love Me (Spanish Version)”, por Kevin & Karla.

Reis das versões em espanhol, Kevin & Karla deram seu toque especial para “Lose You To Love Me”.

#12 – “Souvenir (Acoustic)”, por Katia Zuccarelli.

Porque “Souvenir” fica linda em qualquer versão, não é?

#13 – “Feel Me”, por Coco Quinn ft. Gavin Magnus.

Essa aqui é uma proposta muito mais divertida de “Feel Me” – com direito até a vídeoclipe, tudo o que a gente queria receber da Selena.

#14 – “Lose You To Love Me (Acoustic)”, por Stefan Alexander

Já deu pra perceber que nossa fã base é extremamente talentosa, né? E o Stefan veio pra mostrar pra gente como “Lose You To Love Me” ficaria PERFEITA em uma versão só com voz e violão!

#15 – “Cut You Off”, por Rute Raabe.

Uma versão pra cantar e sentir cada palavra, na voz da fã Rute Raabe.

E aí, o que achou da nossa seleção? Você tem algum cover favorito da Selena? Compartilha com a gente nas redes sociais!

Equipe Selena Gomez Brasil

Categorias: Destaque; Notícias
Postagem por: Rebeca Gois
09.05.2020

Dia 23 de abril Selena apareceu em suas redes sociais para compartilhar uma playlist de músicas que ela gosta de ouvir quando está cozinhando, incluindo músicas de artistas como Taylor Swift, Harry Styles, The Weeknd, Dua Lipa, Blackpink e muitos outros.

Quem iria imaginar que, alguns dias depois, na última terça-feira, 05, ela seria anunciada como a principal atração de um novo programa culinário?

Em parceria com a HBO Max, novo serviço de streams da WarnerMedia que chega em 27 maio nos Estados Unidos, Selena será a apresentadora e produtora executiva do programa que ainda não tem nome e nem data de estreia, mas já tem um número definido de episódios: 10.

No anúncio oficial do programa, Selena disse: “Eu sempre fui muito sincera sobre meu amor pela comida. Eu acho que já me perguntaram centenas de vezes em entrevistas qual seria minha escolha para uma profissão diferente da que tenho, e eu sempre respondi que seria divertido cozinhar. Eu não tenho o treinamento formal, claro! Mas, como estou ficando em casa, eu cozinho mais e experimento coisas na cozinha”.

A cada episódio, Selena receberá um chef que a ajudará a cozinhar deliciosas refeições em sua casa – em tempos de quarentena, como será que isso vai acontecer? Ninguém sabe dizer, já que o programa ainda não foi roteirizado, mas a Diretora de Conteúdos Originais da HBO Max, Sarah Aubrey, adiantou que podemos esperar pratos de diferentes culinárias, dicas e truques para lidar com todo tipo de situação na cozinha, desde fornos até a falta de ingredientes.

E, como não poderia ser diferente para a cantora, atriz, produtora e filantropa, seu programa também terá um espaço especial para divulgar projetos de caridade relacionados a culinária em todo o mundo. Uma verdadeira lenda viva!

Selena faz parte da primeira leva de programas originais da plataforma, que incluem até um episódio especial de “Friends”, série favorita da cantora. O aplicativo não tem data de estreia definida no Brasil, mas deve chegar por aqui em 2021.

Texto e tradução: Equipe Selena Gomez Brasil

Categorias: Destaque; Notícias
Nome: Selena Gomez Brasil (SGBR)
Desde: 21 de Setembro de 2008
Webmiss: Érika Barros
Co-webmaster: Samuel Rodrigues
Design & programação: Dieux Design & Luana Machado
Entre em contato com nosso site