Postagem por: Julia Brum
15.01.2020

Na tarde desta terça-feira, dia 14/01, ocorreu em Nova York um evento da PUMA, empresa da qual Selena é embaixadora, em comemoração do lançamento de “Rare“, terceiro álbum de estúdio da cantora. O evento ocorreu dentro de uma loja da PUMA e contou com a presença de Selena que tirou foto com todos os fãs que estavam no local, incluindo o representante do SGBR, que deu informações exclusivas sobre o evento.

Além das fotos, os fãs também receberam peças personalizadas da PUMA, que são da nova coleção da cantora com a empresa. Confira tudo o que rolou no evento:

  • A decoração do local foi feita com diversos posters com a capa do álbum e videoclipes da cantora sendo exibidos. Os funcionários do local estavam vestidos com a coleção da cantora.

  • Peças personalizadas da cantora que eram adquiridas ao comprar itens da loja.
  • Selena chegando ao local.

  • Selena conversando e atendendo seus fãs de forma privada e individual.
  • Fotos de Selena no evento.

 

  • Ao ser perguntada pelo nosso correspondente se virá ao Brasil, Selena afirmou que sim. A cantora também perguntou ao nosso correspondente se ele queria que ela assinasse o “Rare” dele, e ao assinar, a cantora deixou a caneta cair no chão.
  • O nosso correspondente confirmou que a cantora deu 200 dólares para cada fã presente no evento, para que eles pudessem comprar os itens da PUMA.

“Rare” já se encontra disponível em todas as plataformas e você já pode ler as traduções das canções, saber como ajudar o álbum no Estados Unidos e outras informações, aqui no SGBR.

Texto e Tradução: Selena Gomez Brasil

Categorias: Notícias; PUMA; Rare; SG2
Postagem por: Eduarda Lazzarotto
14.01.2020

Ao ser entrevistada pela revista Billboard, Selena falou sobre seu novo álbum “Rare”, novos lançamentos e sua vida pessoal.

Confira abaixo a tradução, na íntegra, da entrevista concedida pela cantora.

“Levou alguns anos para enxugar as lágrimas, mas veja ela agora,” Selena Gomez canta em “Look At Her Now,” um dos destaques de seu terceiro álbum de estúdio, Rare.

A música foi lançada em outubro, quando Gomez a lançou como uma prévia do projeto; em retrospecto, esse verso funcionou como uma prévia involuntária de Rare – encapsulando o espírito temático do novo álbum, lançado sexta-feira passada (10), mais do que qualquer outro (verso).

Em seu primeiro álbum desde Revival (2015), Gomez medita sobre as bem detalhadas dificuldades pessoais que enfrenta nesse meio tempo – problemas de saúde e términos em tabloides – mas se posiciona como renascida.

Alimentada por anos de introspecção e um novo senso de força pessoal, Gomez usa Rare para usar sua dúvida sobre si mesma e afastá-la, produzindo uma coleção rítmica e nítida de faixas pop ressuscitadas das cinzas.

“Eu queria um álbum que fizesse as pessoas sentirem algo”, diz Gomez à Billboard, “seja isso um relacionamento difícil de superar, ou um processo de reconquistar a sua confiança ou se conformar com apenas se divertir. Portanto, contêm diferentes camadas e estou muito agradecida por ter acabado se tornando o que é agora, depois de quatro anos e meio.”

A ex-estrela do Disney Channel, de 27 anos, é uma artista pop A-List há cerca de uma década: começando em 2009, seu grupo de amigos Selena Gomez & The Scene emplacaram cinco hits no top 40 da Billboard Hot 100. Quando passou a ser uma artista solo em 2013, Gomez continuou a colecionar hits nas rádios com ” Come & Get It,” “Good For You,” “Same Old Love” e “Hands to Myself.”

Desde Revival, os hits continuaram vindo com single soltos como “Bad Liar,” “Back to You,” “It Ain’t Me” com Kygo e “Wolves” com Marshmello — faixas que entraram para a versão deluxe do álbum. “No entanto, um álbum não parecia conseguir se formar conforme Gomez batalhava contra o lúpus, passava por um transplante de rim, passava por capas de tabloides com namorados famosos, e se abria com o mundo sobre seus problemas com ansiedade.

“Selena só se compromete com coisas que significam algo para ela e/ou contam uma história,” disse John Janick, diretor executivo da Interscope, ao ser perguntado sobre como teria sido trabalhar com Selena nos últimos anos. “Criativamente, a música é uma constante em sua vida, e parecia certo lançar músicas regularmente nos últimos anos. Por acaso, também foi uma estratégia inteligente na era dos streamings e permitiu que ela experimentasse gêneros diferentes. “

Gomez soa tão triunfante quanto seu novo álbum durante uma conversa pelo telefone com a Billboard na segunda-feira de manhã após o lançamento do mesmo; em uma discussão sobre as faixas de destaque do Rare, seus futuros planos para música, seu maior controle no estúdio e o abandono de sentimentos mais amargurados.

Como tem sido os últimos dias para você?

Tem sido de muito trabalho – tínhamos algumas coisas para fazer em Los Angeles e, no final do ano passado, fomos a Londres e Paris, então eu realmente não tive tempo para respirar. Mas é por uma boa causa, pois isso é provavelmente a melhor coisa que já me aconteceu.

Ao ouvir “Lose You To Love Me” e “Look At Her Now” quando foram lançadas em outubro, ficou claro que esse seria um projeto bastante revelador, mas é ainda mais pessoal do que o esperado.

Eu já disse isso antes, mas a ideia de me abrir com alguém me apavorava. Eu costumava proteger pessoas que nunca me protegeram ou se importaram comigo. E eu não queria dizer a coisa errada ou que as pessoas pensassem que eu estaria fazendo aquilo por qualquer outro motivo além de ser uma pessoa gentil – apesar de essa ser quem eu sou e eu me orgulhe disso. Eu estava farta, sabe? Farta de ficar calada e eu senti que merecia um momento para mim, após passar por tudo o que passei, e jogar tudo isso em cima desse álbum. Não havia nada em minha mente que me dissesse que eu estava fazendo a coisa errada.

Acho que cheguei em um ponto em que apenas disse que era isso o que eu faria e eu não teria medo de fazê-lo. E as pessoas podem reagir do jeito que quiserem, mas eu sei que me orgulho de lançar as músicas que lancei com o conteúdo que elas têm, porque tudo o que eu mais quero é me identificar com as pessoas — e eu quero que elas saibam que não estão sozinhas, e que se sentir assim é muito normal. Elas me viram crescer, então acho que é algo importante para eu falar nesse álbum.

Você falou sobre se tornar mais comunicativa no estúdio – mesmo com colaboradores próximos, como os compositores Julia Michaels e Justin Tranter.

Certo. Eu assumi completamente após o último ano. E eu tive as pessoas ao meu redor que eram os meus parceiros conforme tudo isso, e especificamente Justin e Julia, eles se tornaram a minha família. Eles são capazes de trazer o melhor em mim. Eu tive uma participação na produção, disse como eu queria que tudo fosse montado, as melodias — nunca me envolvi tanto assim antes, e… não poderia estar mais orgulhosa de um álbum, ou qualquer outro projeto que tenha feito. É animador, muito animador.

A música que realmente se destaca para mim é “Vulnerable“, focada na força envolvida em dar e retomar saltos de fé, mesmo quando não dá certo.

Essa é uma das minhas favoritas também, por esse motivo. Depois de ficar totalmente esgotada de viver ou o que seja… eu fiquei amargurada por um tempo. Eu estava completamente amarga e seca. Me desconectei de meus sentimentos por muito tempo. Mas vou à terapia, falo sobre tudo o que estou passando. Eu pensei: “Por que faço isso? Por que eu me entrego às pessoas, mesmo que sejam apenas amigos ou pessoas aleatórias? Por que faço isso?”

E eu percebi que era por causa de uma das minhas qualidades, que eu julgava ser uma fraqueza, ser vulnerável. Então quando trabalhamos nessa música, foi por aí que comecei. Se eu me entregar completamente a você, você será capaz de lidar com isso? E se você não for, eu continuarei sendo quem sou. Não o terei em minha vida, mas continuarei sendo quem sou.

Eu tenho adorado ouvir de várias pessoas diferentes que elas amam essa música, então isso é muito legal. Nunca se sabe — poderia se tornar um single. Eu não sei.

Há partes deste álbum que foram ou difíceis de gravar para você ou então difíceis de ouvir agora, novamente?

Eu trabalhei no álbum por quatro anos, então há músicas que nós terminamos na fase de encerramento, indo e mixando o álbum, então há uma variedade disso. O que tem de interessante nessas músicas é que… elas significam algo diferente para mim agora. E eu acho que esse é um dos motivos por eu ter esperado. Eu não queria ser desencadeada pelas mesmas coisas — eu queria sair do que estava sentindo e, em seguida, queria comemorá-lo. E foi o que aconteceu.

Quando escrevi “Lose You To Love Me“, eu estava uma bagunça. Foi muito difícil para mim. E no momento em que gravamos o videoclipe no final do ano, ela tinha um significado completamente diferente para mim e foi muito libertador. Foi divertido, na verdade — eu acho que, por eu ter me desapegado daquilo, me senti muito livre. E eu não poderia imaginar uam forma melhor de encerrar um capítulo.

Quando o álbum saiu na semana passada, você também lançou um videoclipe para a faixa-título. “Rare” é oficialmente o próximo single, correto?

Siim! Eu sempre amei essa música e sempre quis que fosse o nome do álbum. E eu senti que foi um ótimo complemento para onde eu parei com meus outros singles, porque é honesto e cru, e basicamente diz “Eu não tenho tudo, eu não sou perfeita, mas eu sei que mereço coisas boas e eu mereço ser amada, e eu mereço tudo disso, amor-próprio.” É apenas uma daquelas coisas em que você é confiante, mas sem ser arrogante.

Lose You To Love Me” atingiu o topo da Hot 100 ano passado, e se tornou o seu primeiro número 1 no chart. Você tem alguma meta específica para o álbum atingir esse ano?

Especificamente este ano, quanto a tudo, tenho trabalhado muito em coisas que mal posso esperar para falar e lançar. Eu acho que com a música não vou parar — o que é a primeira vez para mim. Normalmente, depois de concluir um projeto, sinto-me bem em descansar por um tempo. Mas acho que vou continuar fazendo isso, e talvez alguns projetos paralelos com a música. Tenho todos esses objetivos diferentes e sinto que estou no lugar mais feliz que já estive na minha vida, e digo isso com muita convicção. Então eu acho que as possibilidades são infinitas.

Essa é uma mentalidade muito encorajadora, especialmente quando resultou neste álbum.

Levei alguns anos para superar alguns problemas. Mas se saiu ótimo!

Postagem por: Alanna Libdy
14.01.2020

As surpresas não param! Selena acaba de disponibilizar nesta tarde de terça-feira, 14, uma versão alternativa de “Look At Her Now” em seu canal no Youtube. O anuncio foi feito através do twitter. Confira:

“Confira o vídeo alternativo nunca visto antes de “Look At Her Now” #filmadonoiphone:

Texto e Adaptação: Equipe Selena Gomez Brasil

Categorias: Notícias
Postagem por: Samuel Rodrigues
14.01.2020

Na manha de ontem (13), Selena concedeu uma entrevista ao programa “Live with Kelly and Ryan” para promover seu novo disco, o “Rare”. A cantora falou sobre sua irmã, ter conquistado número 1 da Billboard Hot 100 com “Lose You To Love Me” e mais. Assista abaixo:

Categorias: Notícias
Postagem por: Henrique Soares
13.01.2020

Conheça o time de compositores do “Rare”, terceiro álbum solo de estúdio de Selena Gomez, recheado de artistas indicados ao prêmio mais importante da música, o Grammys Awards.

Selena Gomez
Compositora
A estrela. Rare é o terceiro álbum de estúdio solo da cantora.

Simon Rosen
Compositor
Participou de uma música do álbum, a self-titled Rare.

Madison Love
Compositora
Bastante conhecida no ramo da música e aclamada, Love ajudou na composição da música Rare.

Leland
Compositor
É um ótimo compositor, produtor e cantor. Já trabalhou com grandes nomes da música, como Troye Sivan e Allie X.

Nolan Lambroza
Compositor e Produtor
Além de compor ‘Rare’, Sir Nolan também produziu a música e mais duas do álbum, ‘Ring’ e ‘Crowded Room’.

Caroline Furoyen
Compositora
A norueguesa também co-escreveu o maior hit de Dua Lipa, ‘New Rules’.

Justin Tranter
Compositor
O ex-líder da banda de glam-punk Semi-Precious Weapons.

MATTMAN & ROBIN
Mattias Larsson e Robin Frediksson
Compositores e produtores
Os suecos são novos protegidos de Max Martin.

Julia Michaels
Compositora
Ela começou escrevendo músicas usadas em seriados como The Hills, ultimamente tem ajudado DJs de música eletrônica acrescentarem melodia às batidas.

Ian Kirkpatrick
Compositor e produtor
Também já trabalhando com Selena em trabalhos anteriores, Ian contribui com a composição e a produção do álbum.

Finneas
Compositor e produtor
Mais conhecido por compor e produzir todo o álbum de sua irmã, Billie, o Eilish ajudou na composição e produção do álbum.

Julie Frost
Compositora
Frost já trabalhou com Beyoncé e Madonna.

Breyan Isaac
Compositor e produtor
Ele escreveu, produziu e tocou em músicas de vários artistas, incluindo David Guetta, Pitbull, Nicki Minaj, Charlie Puth e outros.

David Ciente Lambroza
Compositor
Ajudou na composição de ‘Ring’.

Sean Douglas
Compositor e produtor
Já escreveu para artistas como Madonna, Demi Lovato, Dua Lipa, entre outros.

Amy Allen
Compositora
Allen trabalhou com Selena em ‘Bad To You’, trilha sonora de ’13 Reasons Why’.

Jonathan Bellion
Compositor e produtor
Jon é um cantor, produtor, compositor e rapper norte-americano.

Stefan Johnson
Compositor
Recentemente compôs os hits ‘Graveyard’, ‘Hate Me’, ‘Memories’ e ‘Liar’ e já foi indicado em Canção do Ano no Grammys.

Jordan Johnson
Compositor
Integrante do grupo The Monsters and the Strangerz, foi indicado em Canção do Ano no Grammys.

Aaron Puckett
Compositor
Ajudou na composição de ‘People You Know’.

Stephanie Jones
Compositora
Compôs ‘People You Know’.

Jason Evigan
Compositor e produtor
Evigan além de ser compositor e produtor, é um músico e cantor estadunidense. Já escreveu para artistas como Madonna, Demi Lovato, Kelly Clarkson e outros.

Mathieu Jomphe-Lepine
Compositor e produtor
Já produziu faixas de artistas como Britney Spears, Kesha e Robyn.

Alexandra Robotham
Compositora e produtora
Além de ajudar o álbum na composição, também produziu.

Bebe Rexha
Compositora e produtora
Além de compor e produzir seus próprios CDs, Bebe ajudou na composição da música ‘Crowded Room’.

Simon Wilcox
Compositora
Simon é canadense baseado em Los Angeles. Ela co-escreveu vários singles de platina e ouro, trabalhando com artistas como Selena, Nick Jonas, Enrique Iglesias. Camila Cabello, e outros.

Ricardo Valentine
Compositor
Conhecido artisticamente como 6LACK, é um rapper, cantor e compositor norte-americano e participa da música ‘Crowded Room’ em parceria com Selena.

Jasmine Thompson
Compositora
Thompson lançou sua carreira ao fazer cover de “Ain’t Nobody” da cantora Chaka Khan.

Rami Yacoub
Compositor e produtor
Juntamente com seu parceiro mundialmente conhecido Max Martin e outros compositores, ele tralhou para artistas como Backstreet Boys, Pink, Celine Dion, Britney Spears, N’Sync, entre outros.

Kristoffer Fodgelmark
Compositor
Ajudou na composição de ‘Kinda Crazy’.

Albin Nedler
Compositor
Já trabalhou com nomes grandes da indústria e ajudou em músicas de One Direction, Demi Lovato, 5SOS, Hillary Duff e outros.

Scott Friedman
Compositor e produtor
Conhecido pelos trabalhos contínuos com Shawn Mendes.

Raul Cubina
Compositor
Escreveu grandes músicas da música, como ‘Fall In Line’ de Christina Aguilera e If I Can’t Have You ‎de Shawn. Agora, escreveu Fun de Selena.

Scott Mescudi
Compositor
Mais conhecido por seu nome artístico Kid Cudi, é um cantor e rapper americano e participou da música ‘A Sweeter Place’ com Selena.

Chloe Angelides
Compositora e produtora
Ela já escreveu músicas para vários artistas, incluindo “Zipper” para Jason Derulo, “Pacify Her” de Melanie Martinez e outros.

Liza Owen
Compositora
Compôs ‘Cut You Off’.

David Pramik
Compositor e produtor
Ajudou a compor ‘Cut You Off’.

Uzoechi Emenike
Compositor e produtor
Se tornou famoso por interpretar a canção “Never Forget You” com Zara Larsson – faixa que alcançou a 13ª posição da Billboard Hot 100, recebeu atenção da mídia por trabalhar como produtor e compositor de artistas como Dua Lipa, Christina Aguilera e Madonna.

Texto e informações: Equipe Selena Gomez Brasil

Categorias: Notícias; Rare
Postagem por: Samuel Rodrigues
13.01.2020

Na manhã desta segunda-feira (13), Selena esteve presente nos estúdios do programa televisivo “Live with Kelly and Ryan” em Nova Iorque para uma entrevista. Como de costume, a cantora não deixou de atender os fãs que a aguardavam no local. Confira, abaixo, todas as fotos e vídeos:

13.01 – CHEGANDO AOS ESTÚDIOS DO “LIVE WITH KELLY AND RYAN” EM NOVA IORQUE
 

 

13.01 – INTERIOR DO ESTÚDIO DO “LIVE WITH KELLY AND RYAN”
 

 

13.01 – POSANDO PARA FOTO COM FÃS EM NOVA IORQUE
 

 

Bastidores com a Selena Gomez, que nos contou tudo sobre seu novo álbum “Rare”.

Assim que a entrevista for divulgada, postaremos no site com a tradução.

Categorias: Notícias
Nome: Selena Gomez Brasil (SGBR)
Desde: 21 de Setembro de 2008
Webmiss: Érika Barros
Co-webmaster: Samuel Rodrigues
Design & programação: Dieux Design & Luana Machado
Entre em contato com nosso site