Postagem por:
Julia Brum
02 dez.2020

Nesta quarta-feira, dia 02/12, a People divulgou a sua lista anual das “Pessoas do Ano”. Em meio a um difícil 2020, a renomada revista destacou quatro personalidades que causaram impacto e utilizaram suas vozes para serem ativos nesta longa e desafiadora pandemia do Covid-19, além de se empenharem em causas sociais e entregarem trabalhos inspiradores e de extrema qualidade.

Dentre os quatro nomes referenciados, Selena Gomez foi enaltecida pelo lançamento de seu disco mais recente, o lançamento de sua linha de cosméticos e ter parte do dinheiro arrecadado voltado a instituições relacionadas a saúde mental; seu ativismo e sua voz ativa nas eleições estadunidenses. A artista é homenageada ao lado de grandes nomes como a ganhadora do Oscar e do Emmy, Regina King, o duas vezes ganhador do Oscar, George Clooney, e pelo doutor, imunologista e principal cientista sobre o coronavírus, Anthony Fauci. Confira o que a revista falou sobre a escolha de Selena para esta honraria:

Selena Gomez lançou o seu álbum nº 1, “Rare”, se tornou a apresentadora de um programa de culinária de sucesso com sua série “Selena + Chef” na HBO Max e, como uma das pessoas mais seguidas no Instagram com 195 milhões de fãs, cedeu sua plataforma para ativistas pretos em junho, em meio a protestos contra a brutalidade policial.

Ela não parou por aí. Ela também lançou a “Rare Beauty”, uma marca de maquiagem inclusiva que estabeleceu a meta de arrecadar 100 milhões de dólares em 10 anos para ajudar a dar às pessoas, acesso a serviços de saúde mental. Sua honestidade ao falar sobre sua própria jornada relacionada a saúde mental e seu compromisso em ajudar os outros, foram inspiradores em um ano em que todos nós nos sentimos mais ansiosos e sozinhos.

Confira a matéria completa disponibilizada no site da People:

Selena Gomez sobre como compartilhar suas lutas para ajudar os outros: ‘Quero que as pessoas saibam que não estão sozinhas’.

Durante este ano, Selena Gomez – uma das quatro estrelas celebradas pela People como a “Pessoa do Ano” – encontrou bases sólidas como defensora da saúde mental, igualdade racial e positividade corporal.

Em um ano em que muitos se sentiram perdidos, Selena Gomez encontrou um novo senso de propósito. No início de 2020, a superestrela pop de 28 anos lançou seu tão aguardado terceiro álbum de estúdio, Rare, seu álbum mais pessoal até então que estreou em primeiro lugar.

Mas, poucas semanas depois, Gomez arquivou os planos de promoção de seu último trabalho quando a pandemia começou a fechar o país. Ela não ficou ociosa por muito tempo. Depois que protestos contra a brutalidade policial eclodiram em todo o país durante o verão, Gomez entregou sua conta no Instagram – com seus 195 milhões de seguidores – para ativistas como a co-criadora do Black Lives Matter, Alicia Garza, e a fundadora do Black Trans Circles, Raquel Willis.

“Esta foi uma decisão óbvia”, diz Gomez na matéria de capa desta semana, onde ela e três outras estrelas são celebradas como as “Pessoas do Ano” pela People. “Para mim, fez sentido aprender e adquirir conhecimento com as melhores pessoas.”

A estrela também continuou a ser aberta sobre suas lutas contra a depressão e a ansiedade, compartilhando como inicialmente se sentia sem esperança e às vezes incapaz de sair da cama. Então, quando ela lançou sua linha de maquiagem inclusiva, “Rare Beauty”, em setembro, ela se comprometeu a levantar 100 milhões de dólares nos próximos 10 anos para fornecer recursos de saúde mental para comunidades carentes.

“Não acho que teria sido [possível] lançar a “Rare Beauty” há três ou quatro anos. Agora entendo como é estar do outro lado, comparando-me ou pensando que preciso me parecer mais com isto ou com o outro para me encaixar.”, diz a artista. “Pode ser muito difícil para você, com certeza. Não somos todos de uma determinada maneira e não fomos feitos para ser. É justo dizer que estou 1000 por cento na jornada com os consumidores da marca”, acrescenta. “Não é fácil para todos, e quero que as pessoas saibam que não estão sozinhas.”

Antes da eleição presidencial, Gomez também foi bastante ativa sobre a votação – revelando que estava exercendo seu direito de votar pela primeira vez em 2020. Ela também ampliou as mensagens de mulheres que a inspiraram em 2020, incluindo a vice-presidente eleita, Kamala Harris, Michelle Obama e Stacey Abrams, fundadora do “Fair Fight”. “Tive dificuldade em lidar com [a discriminação racial] enquanto crescia, especialmente com meu pai [que é mexicano]. Quando se tratava de dizer às pessoas para votarem, senti que era meu dever”, diz ela. “Testemunhar mulheres fortes que fizeram jornadas que eu não poderia imaginar foi um choque de realidade para mim, eu sou muito grata por isso.”

Também foi disponibilizado no YouTube, os bastidores da sessão de fotos feita por Selena para a capa da revista, além de uma pequena entrevista. Confira:

Selena: “Eu acho que eu ainda serei um trabalho em andamento, então eu definitivamente não sou o tipo de pessoa que se estabiliza e diz ‘tudo está perfeito’. Acho que ainda existem tantas coisas que eu estou descobrindo e que há muito mais para aprender e este está sendo um grande ano para adquirir esta aprendizagem.”

People: Não há dúvidas que 2020 foi um grande ano para Selena Gomez. Entre continuar dando apoio a questões mentais através do lançamento de sua linha de cosméticos e a estreia de seu programa de culinária pela HBO Max, ela também se juntou ao movimento Black Lives Matters e fez mais do que apenas compartilhar com seus fãs para irem votar. Mas antes de 2020 completar um mês, a atriz e empreendedora de 28 anos lançou o seu disco mais recente, “Rare”. Seu primeiro álbum desde de 2015, “Rare” debutou no primeiro lugar e foi celebrado pelos críticos por ser de um ponto de vista profundamente pessoal. A própria Selena o descreve como um diário dos seus últimos anos e ele serviu para mostrar amplamente a cantora como uma artista empoderadora reivindicando a sua narrativa do barulho da mídia

Selena: “Eu acho que esta é uma parte importante da música. Quando tudo fica barulhento a sua volta e tem todas essas coisas sendo ditas e você os silencia. É o que eu sempre digo para as pessoas, nada é verdade até sair da minha boca. Então isto é algo que eu vivi, eu acho que é realmente a minha verdade.”

People: Em setembro, Selena foi nomeada uma das pessoas mais influentes do ano pela TIME. Neste mesmo mês, ela fez uma parceria com a Sephora para lançar a sua marca de maquiagem “Rare Beauty”.

Selena: “Nós trabalhamos por dois anos então estamos muito animados e nervosos pois lançar qualquer coleção relacionado a indústria da beleza é um mundo difícil e eu não esperava que acontecesse o que aconteceu quando saiu. E eu acho que foi o momento foi preciso, mesmo que tenhamos trabalhado no projeto por alguns anos. Então eu sou muito grata que tenha acontecido pois eu senti que foi o momento que eu conseguir compartilhar com as pessoas e ajudar a coloca-los para cima.”

People: Mais do que uma linha de maquiagem, a “Rare Beauty” foi criada para quebrar ideais irrealistas da perfeição. Selena espera que possamos parar de nos comparar com uma as outras e começar a abraçar nossa singularidade.

Selena: “O objetivo é estar atrás de algo que é muito maior que nós mesmos. É sobre entender uns aos outros, nossas diferenças e estar okay com isto. Eu defintivamente não sinto que a “Rare Beauty” seria lançada no mundo uns três, quatro anos atrás pois eu entendi como é estar do outro lado, me comparando com pois eu entendi como é estar do outro lado ou pensando que eu preciso me parecer assim ou daquele jeito para me encaixar. Pode me prejudicar com certeza passar tanto tempo fazendo o que você costuma fazer e eu acho que “Rare Beauty” repassa essa mensagem pra mim que é não somos todos feitos de uma única maneira, não deveríamos ser uma única maneira. Alguns objetivos e algumas aspirações que as pessoas tem são irrealistas pois você sabe, tem o photoshop ou qualquer coisa que você veja. Então sim, eu acho que é justo dizer que eu estou 100% nesta jornada junto com os consumidores e as minhas pessoas. Eu estou com eles, não é fácil pra todo mundo.

People: Selena também está usando sua marca para arrecadar uma das suas causas que apoia a bastante tempo, saúde mental. 1% de todas as vendas da “Rare Beauty” irá diratamente para o “Rare Impact Fund” que irá ajudar comunidades carentes a ter acesso a serviços relacionados a saúde mental.

Selena: “O objetivo de Selena é alcançar 100 milhões de dólares em 10 anos. Eu definitvamente tenho defendindo a saúde mental por muitos anos e falado abertamente sobre as minhas experiências então, a razão pela qual eu faço isso é para que as pessoas saibam que não estão sozinhas. E que há um motivo pelo qual eu tenho a plataforma que tenho. Então só fazia sentido lançar algo tão grande quanto uma linha de beleza se isso coincide com o que eu acredito sobre saúde mental. Nós temos um desafio de 10 anos de arrecadar 100 milhões de dólares para assuntos relacionados a saúde mental e este é um dos maiores objetivos que eu já tive e eu acredito que nós iremos alcança-lo.”

People: Selena Gomez tem uma plataforma digital enorme, sendo a quinta pessoa com mais seguidores no mundo. Em junho, 10 dias depois da morte de George Floyd, Selena deu esta plataforma diretamente para o movimento Black Lives Matters. Por duas semans, ela convidou 12 lideres da comuninade afro americana para tomar conta de seu perfil no Instagram e compartilhar seu conhecimento e sabedoria durante este turbulento momento.

Selena: “Minha mente mudou completamente quando tudo aconteceu. Na medida em que tal divisão tomou conta de nosso país. Que outra coisa eu faria, o que eu poderia acrescentar? Isso foi o que eu pensei. Eu quero que as pessoas aprendam tanto quanto eu irei aprender. Eu tenho uma fração deslizante ao lidar com isso, especialmente crescendo com o meu pai então fez sentido pra mim aprender mas aprender das melhores pessoas e também ouvir, pois o principal ponto é entender. Há muita gritaria de todos os lados e ninguém para a fim de entender a história e o que está além da gritaria. Então, pra mim isto foi uma decisão óbvia.”

People: Selena também foi extremamente ativa liderando durante a eleição e encorajando todos os seus fãs a votarem.

Selena: “Quando se tratava em ajudar o máximo que eu podia em levantar as vozes certas, dizer as pessoas para votarem e a importância por trás disso. Isso era algo que eu estava dizendo igualmente para mim mesma. Esta foi uma das maiores eleições que eu participei e eu sabia disso, então eu senti como se fosse o meu dever dizer as pessoas a importância do motivo do voto. Eu tive a oportunidade de falar com mulheres incríveis. Eu consegui falar com a Michelle Obama, eu conseguir falar com Stacey Abrams e obviamente a Kamala. Para mim foi incrível, poder testemunhar mulheres fortes que fizeram jornadas que eu não poderia imaginar. Foi um desses momentos onde eu disse ‘estas mulheres são fortes, essas mulheres tem uma história para contar1, foi um choque de realidade para mim. Eu estava muito, muito animada para ter a chance de falar com ela [Kamala], eu achei ela bastante preparada, ela era tão dura mas de uma maneira boa. Ela tem essa maneira de fazer as pessoas ouvirem mas ao mesmo tempo não se sentirem atacadas. Então foi incrível fazer perguntas a ela e também ter a minha plataforma utilizada para isso pois eu senti que tudo era muito verdadeiro para mim. Falar sobre coisas e postar sobre coisas que eram verdadeiras para o meu sistema de crenças e fui um daqueles momentos de se beliscar [para saber se era verdade]. Ainda um desses momentos é pois é algo grande. Então eu acho que quando você se comunica com pessoas que entendem a minha conexão com os meus fãs que é que eles se preocupam com o que eu me preocupo e eu me preocupo com o que os aflige. E bom, isso significa se preocupar com o presidente, nosso futuro. Eu não poderia estar mais do que grata de fazer parte de um momento tão histórico. Eu estava em Nova York quando soube [que Joe Biden tinha sido eleito], e teve esse grande sentimento de alívio na cidade e foi algo alegre que eu senti. Para mim ainda não acabou, é só o começo e eu estou ansiosa para ver as mudanças e ver como as coisas vão se desenvolver. Acredito que muitas pessoas estão esperando por isso. Mas isso não é o momento de se sentar e dizer ‘está feito’. Ainda existem bastantes coisas para fazer mas nós podemos aproveitar aquele momentos juntos, todos nós.

Confira abaixo as fotos disponibilizadas em nossa galeria:

Tradução e Adaptação: Selena Gomez Brasil

Fonte: People

Comments

comments

Siga o Twitter do site para receber
novidades sobre Selena em tempo real
Na nossa página do Facebook, você também
não perde novidades sobre Selena. Curta!
Siga-nos no Instagram para fotos, vídeos e
entretenimento sobre Selena e o site
Web status
Criação e desenvolvimento por LIVZZLE e Lannie.D
© 2020 - Selena Gomez Brasil